REVISTA ESPÍRITA

JORNAL DE ESTUDOS PSICOLÓGICOS

 -

PUBLICADA SOB A DIREÇÃO DE

ALLAN KARDEC

 

ANO 10 – NOVEMBRO 1867 – Nº. 11 e ANO 11 – JANEIRO/FEVEREIRO/MARÇO 1868 – Nºs. 1, 2 e 3

 

 
A GÊNESE
 

 

 

Na Revista Espírita de novembro de 1867

 

NO PRELO


PARA APARECER EM DEZEMBRO

 

A GÊNESE, OS MILAGRES E AS PREDIÇÕES


SEGUNDO O ESPIRITISMO


POR ALLAN KARDEC


1 vol. in -12, de 500 páginas
 

* * *

 

Na Revista Espírita de janeiro de 1868

 

Bibliografia


À VENDA NO DIA 6 DE JANEIRO DE 1868


A GÊNESE


OS MILAGRES E AS PREDIÇÕES SEGUNDO O ESPIRITISMO
 

Por Allan Kardec (1)
 

TÁBUA DA MATÉRIA

 

INTRODUÇÃO.

 

Capítulos:

 

I –    

Caráter da revelação espírita.

II –    

Deus – Existência de Deus – Da natureza divina – A Providência – A visão de Deus.

III –    

O bem e o mal – Origem do bem e do mal – A inteligência e o instinto – Destruição dos seres vivos uns pelos outros.

IV –    

Papel da Ciência na Gênese.

V –    

Antigos e modernos sistemas dos mundos.

VI –    

Uranografia geral –O espaço e o tempo – A matéria – As leis e as forças – A criação primeira – A criação universal – Os sóis e os planetas – Os satélites – Os cometas – A Via-Láctea – As estrelas fixas – Os desertos do espaço – Eterna sucessão dos mundos – A vida universal – A Ciência – Considerações Morais.

VII –    

Esboço geológico da Terra – Períodos geológicos – Estado primitivo do globo – Período primário – Período de transição – Período secundário – Período terciário – Período diluviano – Período pós-diluviano, ou atual – Nascimento do homem.

VIII –    

Teorias da Terra – Teoria da projeção ((Buffon) – Teoria da condensação – Teoria da incrustação.

IX –    

Revoluções do globo – Revoluções gerais ou parciais – Dilúvio bíblico – Revoluções periódicas – Cataclismos futuros.

X –    

Gênese orgânica – Formação primária dos seres vivos – Princípio vital – Geração espontânea – Escala dos seres corpóreos – O homem.

XI –    

Gênese espiritual – Princípio espiritual – União do princípio espiritual à matéria – Hipótese sobre a origem do corpo humano – Encarnação dos Espíritos – Reencarnação – Emigração e imigração dos Espíritos – Raça adâmica – Doutrina dos anjos decaídos.

XII –    

Gênese mosaica – Os seis dias – O paraíso perdido.


OS MILAGRES

 

XIII –    

Caracteres dos milagres.

XIV –    

Os fluidos – Natureza e propriedade dos fluidos – Explicação natural de alguns fatos considerados sobrenaturais.

XV –    

Os milagres do Evangelho – Observações preliminares – Sonhos – Estrela dos magos – Dupla vista – Curas – Possessos – Ressurreições – Jesus caminha sobre as águas – Transfiguração – Tempestade aplacada – Bodas de Caná – Multiplicação dos pães – Tentação de Jesus – Prodígios na morte de Jesus – Aparição de Jesus depois da morte – Desaparecimento do corpo de Jesus.


AS PREDIÇÕES

 

XVI –    

Teoria da presciência.

XVII –    

Predições do Evangelho – Ninguém é profeta em sua terra – Morte e paixão de Jesus – Perseguição dos apóstolos – Cidades impenitentes – Ruína do Templo e de Jerusalém – Maldições aos fariseus – Minhas palavras não passarão – A pedra angular – Parábola dos vinhateiros homicidas – Um só rebanho e um só pastor – Advento de Elias – Anunciação do Consolador – Segundo advento do Cristo – Sinais precursores – Vossos filhos e vossas filhas profetizarão – Juízo final.

XVIII –    

Os tempos são chegados – Sinais dos tempos – A geração nova.

 

* * *

 

Na Revista Espírita de fevereiro de 1868

 

APRECIAÇÃO DA OBRA A GÊNESE

(Paris, 18 de dezembro de 1867 – Médium: Sr.Desliens)

 

Esta obra vem na hora certa, na medida em que a doutrina está hoje bem estabelecida do ponto de vista moral e religioso. Seja qual for a direção que tome de agora em diante, tem precedentes muito arraigados no coração dos adeptos, para que ninguém possa temer que ela se desvie de seu caminho.

 

O que importava satisfazer antes de tudo, eram as aspirações da alma; era suprir o vazio deixado pela dúvida nas almas vacilantes em sua fé. Esta primeira missão hoje está cumprida. O Espiritismo entra atualmente em uma nova fase; ao atributo de consolador, alia o de instrutor e diretor do espírito, em ciência e em filosofia, como em moralidade. A caridade, sua base inabalável, dele fez o laço das almas ternas; a Ciência, a solidariedade, a progressão, o espírito liberal dele farão o traço de união das almas fortes. Conquistou os corações que amam com armas de doçura; hoje viril, é às inteligências viris que se dirige. Materialistas, positivistas, todos os que, por um motivo qualquer, se afastaram de uma espiritualidade cujas imperfeições suas inteligências lhes mostravam, nele vão encontrar novos alimentos para sua insaciabilidade. A Ciência é sua senhora, mas uma descoberta chama outra, e o homem avança sem cessar com ela, de desejo em desejo, sem encontrar completa satisfação. É que o Espírito também tem suas necessidades; é que a alma mais ateísta tem aspirações secretas, inconfessadas, e que essas aspirações reclamam seu alimento.

 

A religião, antagonista da Ciência, respondia pelo mistério a todas as questões da filosofia céptica. Ela violava as leis da Natureza e as adaptava à sua fantasia, para daí extrair uma explicação incoerente de seus ensinamentos. Vós, ao contrário, vos sacrificais à Ciência; aceitais todos os seus ensinamentos sem exceção e lhe abris horizontes que ela supunha intransponíveis. Tal será o efeito desta nova obra; não poderá senão assegurar mais os fundamentos da crença espírita nos corações que já a possuem, e fará dar um passo à frente para a unidade a todos os dissidentes, à exceção, entretanto, dos que o são por interesse ou por amor-próprio; esses o veem com despeito sobre bases cada vez mais inabaláveis, que os lançam para trás e os rechaçam na sombra. Só havia pouco ou nenhum terreno comum onde se pudessem encontrar. Hoje, o materialismo vos acotovela por toda parte, porque estando em seu terreno, não estareis menos no vosso, e ele não poderá fazer outra coisa senão aprender a conhecer os hóspedes que lhe traz a filosofia espírita. É um instrumento de duplo efeito: uma sapa, uma mina que ainda derruba algumas ruínas do passado, uma colher de pedreiro que edifica para o futuro.

 

A questão de origem que se prende à Gênese é para todos uma questão apaixonada. Um livro escrito sobre esta matéria deve, em consequência, interessar a todos os espíritos sérios. Por esse livro, como vos disse, o Espiritismo entra numa nova fase e esta preparará as vias da fase que mais tarde se abrirá, porque cada coisa deve vir a seu tempo. Antecipar o momento propício é tão prejudicial quanto deixá-lo escapar.

São Luís

 

* * *

 

CARÁTER DA REVELAÇÃO ESPÍRITA

Por Allan Kardec

 

Muitas pessoas consideraram o artigo publicado sob esse título em setembro de 1867 e que, completado, forma o primeiro capítulo de A Gênese, como adequado a dar a conhecer o verdadeiro caráter da Doutrina Espírita e, ao mesmo tempo, como uma refutação de certas críticas. Em consequência, elas pensavam que seria útil à propagação da ideia espalhar esse artigo. Para aquiescer ao seu desejo, fizemos uma tiragem à parte do primeiro capítulo de A Gênese, numa brochura que será entregue nas mesmas condições que a Simples Expressão (2), isto é, a 15 c; pelo correio, 20 c. Dez exemplares em conjunto, 2 fr. ou 10 c. por exemplar; pelo correio, 2 fr.60 c.

 

Tendo sofrido atraso, a tiragem desta brochura atualmente está terminada.

 

* * *

 

SEGUNDA EDIÇÃO DE A GÊNESE

 

Estando quase esgotada a primeira edição de A Gênese, neste momento procede-se à tiragem da segunda edição, na qual não foi feita nenhuma alteração.

NOTA – Pela tarifa indicada no número de janeiro, para as despesas postais desta obra para o estrangeiro, as da Suíça foram, por equívoco, elevadas em 1 franco, conforme a antiga tarifa. Hoje não passam de 60 centavos.

* * *

 

Na Revista Espírita de março de 1868

 

TERCEIRA EDIÇÃO DE A GÊNESE (3)

 

A segunda edição de A Gênese está quase esgotada. Neste momento tira-se a terceira, de maneira a não haver interrupção.

 

* * *

 

(1) Livraria Internacional, 15, boulevard Montmartre, Paris. – Um grosso volume in -12. Preço: 3 fr. 50; pelo correio: 4 fr. As despesas de correio para esta obra, como para as outras, são as para a França e a Argélia. Para o estrangeiro, os preços variam conforme o país, a saber: Bélgica, 65 c.– Itália, 75 c. – Inglaterra, Suíça, Espanha, Grécia, Constantinopla, Egito, 1 fr. – Prússia, Baviera, 1 fr. 20 c. – Holanda, 1 fr. 50 c. – Portugal, Estados Unidos, Canadá, Canárias, Guadalupe, Caiena, México, Maurício, China, Buenos Aires, Montevideo, 1 fr. 45 c. – Holanda, 1 fr. 50. – Brasil, 1 fr. 80. – Ducado de Baden, 2 fr. 25 c. – Peru, 2 fr. 60 c. – Áustria, 3 fr. 20 c.

 

(2) Kardec se refere ao opúsculo O Espiritismo na sua expressão mais simples. (N.do T.)

 

(3) Embora este subtítulo não conste aqui, foi contemplado por Kardec no sumário deste volume. (N.do T.)

 

* * *

 

Para ler este livro acionar os link's abaixo:

A GÊNESE, os Milagres e as Predições Segundo o Espiritismo

Tradução e comentários por

Carlos de Brito Imbassahy

ao pé da letra do original da 3ª edição de 1868.

 

No formato PDF para download

 

* * *