-   

T

-

 
A PRECE
Suely Damasceno
09/06/2013
 
 

 

Rezamos, na maioria das vezes, quando nosso coração se aperta, estamos agoniados, com problemas, com sensações estranhas, ou seja, em nossas maiores aflições, nos lembramos de orar, ou de buscar Deus. Quanto seria bom se rezássemos também na plenitude de nossas forças e quando vemos nossa mesa farta e a casa repleta de alegria. A oração é a nossa maior expressão de segurança em Deus e no universo criado para nós. Ela nos dá o consolo diante das intempéries.

 

Mas repetir palavras sem fé não adianta de nada. Precisamos pensar em Deus, e deixar nosso coração falar. Uma oração saída da alma, sincera, sempre dá resultado. Na oração sincera, podemos pedir também, claro, somos humanos e carentes, mas que eu não ore somente nos momentos de pedir. Que saibamos dosar e nos lembrar que a prece engrandece, a prece alimenta, a prece protege.

 

Converse com Deus, ele vai te ouvir, porque ele esta em toda parte, mas esta principalmente dentro de cada um. Por que ir a templos em busca de Deus? Ele não esta lá entre quatro paredes, mas está dentro das quatro paredes de cada coração que Nele crê. Está dentro de sua alma. Por isso ouve com facilidade tudo quanto nossa alma fala. A alma sempre fala através do coração.

 

O coração fala com sentimentos. Tristeza, alegria, dói na pele, parece que todo o corpo dói, porque nestes momentos nos esquecemos da prece, e deixamos ondas ruins nos envolverem, e muitas vezes até culpamos irmãozinhos sofredores, obsessores, pelas nossas mazelas, quando muitas vezes as “culpas” são nossas mesmo.

 

Inclusive a raiva, o ódio, quando sentimos, faz muito mais mal pra gente que sente do que pra quem recebe. E só indica que esta na hora de compreender que as coisas são do jeito que são e não adianta querer que sejam diferentes. Precisamos aceitar nossos limites, ser paciente conosco mesmos e nos dar tempo de aprender, onde queremos chegar e o que queremos sentir.

 

E as lágrimas que surgem quando oramos com o coração, é um sentimento tão lindo, é como se a alma se lavasse e se desnudasse. Se pudéssemos ver o lado espiritual, como é lindo esse momento, nós chorariamos mais, e nosso coração sorriria em meio a tantas lagrimas.

 

Não podemos utilizar a prece apenas como um último e desesperado recurso, quando não sabemos mais o que fazer, onde suplicar socorro, ai sim nos lembramos do Pai. Não, essa não pode ser a função da prece. Não podemos nos ligar a Deus apenas quando estamos desesperançados e sofrendo. Deus merece mais de nós.

 

Merece nossa perfeita sintonia, todos os dias e todos os momentos, e trazemos para perto, espíritos superiores que nos tutelam e velam por nós nessa jornada. É a nossa melhor forma de comunicação em qualquer circunstância.

 

Até na prece infantil a criança fala com o coração e quando ela pede, ela o faz sempre pensando no papai na mame no irmãozinho. Vemos na sensibilidade da prece da criança uma forma inigualável de se encontrar com Deus. Eles pedem pela proteção e jamais pela materialidade.

 

É justo nos lembramos do Pai somente quando nos ferimos? Choramingando e pulando entre soluços no colo Dele? Querendo uma solução rápida pro seu problema? Na base da barganha? Tudo é nosso, Ele criou tudo para nós, e tudo que nos vem, depende apenas do nosso merecimento. Ele nos dá o que precisamos ter, o dia que entendermos isso, muitos de nossos males acabam. Pedimos às vezes coisas absurdas, que em nada contribuem para nossa felicidade e elevação.

 

Por isso fica difícil o contato com nosso Pai. Muitas vezes somos teimosos, desejamos e esperneamos qual criança chorona que não ganhou seu brinquedo e quando ganha, esquece simplesmente de quem o deu. Ou seja, quando tudo está bem, imaginamos que a dor não nos tocará novamente. E nos esquecemos de agradecer através da prece.

 

Não costumamos ver nem sentir os diversos sinais que Deus nos envia todos os dias, que Ele está do nosso lado, nos dando força constantemente. O pior de tudo é não entendermos que às vezes o remédio para nossas dores é essa mesma dor que tanto maltrata. Infelizmente 99% das pessoas só procuram por Deus nesses momentos de dor. E apenas 1% o procura pelo amor e pelo agradecimento.  Pessoas que ainda precisam da dor tocar-lhe as fibras mais sutis da alma para se darem conta da pequenez e da grandiosidade do Pai Maior.

 

Faça de seu momento de oração um meio de comunicação constante com o criador. Tirando seu melhor de dentro, estabelecendo contato com o melhor do teu coração. Com sinceridade, concentração, bons pensamentos e vibrações sintonizadas com o alto.

 

Deixe Deus e os amigos da luz se aproximarem de você, basta que use sua melhor e mais potente ferramenta: A PRECE.

 

* * *

 

 

 

-   

Publicado no PORTAL A ERA DO ESPÍRITO com a autorização da autora

-