-   

T

-

 
A DOR DE UMA SAUDADE
Rivkah Cohen
 
 


Quando me lembro o tamanho
daquele ser tão frágil em meus braços,
fui observar com quem parecia...
olhos, nariz, cor de cabelo,
tudo tão perfeitinho!
Não, não parecia com ninguém,
ela era a única no mundo!
Aos poucos deu o primeiro riso,
começou a segurar os objetos,
engatinhou
e logo começou a andar.

Com que carinho se cria um filho!
Os anos foram passando,
começou a fazer os primeiros amigos,
brincar no parque,
correr livre entre as tamareiras...

Estava tão linda, minha menina!
Estava feliz em ir para a escola,
se preparou toda,
arrumou a mochila nas costas
e toda faceira, nos olhou com um brilho
maravilhoso no olhar
e o ônibus saiu levando nosso tesouro,
nossa vida....

....

Israel, 21 de novembro de 2.002
Minha homenagem à todas as crianças
que morreram nesse atentado.

Rivkah Cohen

http://www.minhasperolas.com/poesias/rivkah.htm

* * *

 

 
-   

TPublicado no PORTAL A ERA DO ESPÍRITO com a autorização da autora

-

 

 

Nome da Música: Além do arco iris (no formato MIDI) -> -> ->