Poemas

 Índice

Autora: Silvia Giovatto (faffi)

 Títulos

A DOR DA SAUDADES

A Era do Espírito

A FLOR DO SOL

A PRESENÇA DE DEUS

AÇÕES E PALAVRAS

Adeus

AMOR E VIDA

ARMAZÉM DE TROCAS

BELOS TEMPOS

BEM-VINDO SENHOR OUTONO

BOM DIA SOL!

BUSCANDO ME ENCONTRAR

COM TODO O MEU AMOR

CORRENTE DE AMOR

CREIO EM TI

DEUS ESTÁ EM MIM

DIA MUNDIAL DO AUTISMO  (Sonorizada)

DROGAS

É PRECISO ACENDER A LUZ

Em Busca Da Paz

EM MISSÃO DE PAZ

ENCONTRO COM DEUS (novo)

 

De mim, por mim....

 

Nome: Silvia A. Giovatto, mais conhecida como faffi na Net, fiffa na família.

 

Romântica, alegre, sonhadora... escrevendo o amor para quem como eu ainda acredita em sonhos e que eles possam ser realizados.

 

Adoro escrever poemas infantis, talvez  por guardar ainda alguns sonhos distantes.

 

Escrevo desde que me conheço por gente, mas nunca havia exposto um poema, isso só aconteceu quando indignada escrevi sobre o acontecido de 11 de setembro de 2001 nos EUA, mandei esse escrito  para um amigo, no dia seguinte estava editado no seu site,  fiquei feliz, porem, meio receosa porque nunca gostei de falar de mim e nem expor nada do que escrevia., apesar de tirar dos meus escritos o oxigênio para minha sobrevivência.

 

Tenho poemas editados em sites de amigos, livros virtual com historinhas infantis, presente da minha amiga Yara Nazaré.

 

Sou do signo de escorpião, nascida em 02 de novembro , casada, dois filhos maravilhosos,minha família é o meu porto seguro, o amor que tenho por ela renasce a cada minuto de cada dia. por isso minha profissão sempre foi Mãe X Esposa e nas horas vagas solto a poeta que mora dentro de mim., (como troféu de mãe, ganhei  quatro netinhos lindos, aos quais amo de paixão)

 

faffi.( Silvia Giovatto )

 

Sonho De Natal (Sonorizada)

 

SONHO DE NATAL! 2

Sua Majestade o Sabiá (Sonorizada)

Tempo

TUDO PODE ACONTECER

Um Grande Espetáculo!

UM NOVO DIA

UM POUCO DE NÓS

UM SOL SÓ PARA VOCÊ

Uma História de Amor

VENTOS DE OUTONO - (com Som / Para ouvir aumente o volume de áudio do computador)

Vida

Vovó

Serenidade
 
Sereno é ver uma tempestade se acalmando,
um arco-íris tingindo o céu de cores lindas,
anunciando a bonança no ar e no mar
que também se acalma,
deixando os navegantes em liberdade total,
os barcos vão navegando num balanço brejeiro
por saberem exatamente onde e quando atracar.
Serenidade é sentar-se à mesa
no almoço de domingo com a família reunida,
é fazer uma prece em agradecimento,
ver as crianças sorrindo e aplaudindo
quando a sobremesa chegar...
Serenidade é ser puro de coração e alma,
tendo a certeza de que tudo fez
para o seu semelhante ajudar...
A serenidade nos faz sentir Deus mais próximo,
e o nosso coração se enche de paz.
As vezes essa paz é passageira, mas se soubermos
lidar com ela, poderá durar uma vida inteira.
 
faffi/Silvia Giovatto.
 
* * *
 
VOCÊ NÃO ME ENSINOU
A TE ESQUECER
(faffi) Silvia Giovatto
 
Você me ensinou a amar e respeitar o próximo,
me ensinou a subir em árvores, balançar com o vento,
a jogar bolinha de gude,
embora dissesse sempre" isso é pra moleque"
Você me ensinou as palavrinhas mágicas:
obrigada, por favor e a pedir desculpas quando necessário.
Você me ensinou a respeitar as pessoas e a ter limites com tudo.
Também me ensinou a doar, a repartir.
Me ensinou a juntar as mãos e a rezar o Pai Nosso
e a Ave Maria, depois sozinha, aprendi outra orações.
Você me ensinou a sorrir e a chorar junto, lembra?
e sempre me pedia um sorriso de chuva.
eu sorria para te agradar mesmo com as lágrimas rolando,
e você achava lindo.
Você me ensinou a amar e respeitar a natureza,
e assim eu descobri que o amor é universal.
Pai, você só não me ensinou a te esquecer,
e hoje eu estou com uma saudade enorme de você,
sorrindo e chorando pra você ver que o "meu sorriso de chuva"
ainda existe e ainda é seu.
O tempo não apagou a sua imagem do meu coração,
e nunca vai apagar,  porque eu te amo,
daquele jeitinho que você me ensinou a amar.
 
30/06/2010
 
* * *
 

Mapa do Site

 

<- Voltar

 

Página Inicial