-   

T

-

 
REFLETINDO SOBRE O LAR

Elio Mollo

13 agosto de 2008

 
 

 

Não há colheita sem semeadura.
Se atualmente há filhos problemas
Pode ser que não ouve a devida dedicação;
Pode ser que os ouvidos não lhe deram atenção;
Pode ter sido excesso de liberdade
ou foi aplicada exagerada ditadura.

Pode ser... tantas coisas!!! 
Mas, é uma situação que merece boa reflexão.
Para que surja a tempo uma boa solução.

 

Em verdade o lar é a primeira escola da vida.
Em qualquer época que a humanidade viva.
Donde merece de nossa parte o melhor investimento.
Sem queixa e nem o desagradável lamento.
Mas colocando muito ânimo e disposição.
Doando boa cota de afeto e dedicação,
Construindo e fortalecendo os laços da estima.
fazendo com que o amor envolva
cada alma querida que nele habita.

 

Que bom seria se conseguíssemos ser:
o cônjuge ideal;
a mãe razoavelmente dedicada;
o pai comprometido e presente;
o companheiro compreensivo e afetuoso!
A lista é grande por isso paremos por aqui...
Mas, quem sabe assim,
se não tivéssemos tido o tão desejado melhor filho,
pelo menos teríamos conquistado um grande amigo.
Uma ótima possibilidade, de evitar a triste lágrima

e, quem sabe, até aquela morada final no asilo!

 

É só uma ponderação,

ou melhor,

uma particular reflexão!

 

* * *

 

 

 
-   

T

-