-   

T

-

 

A FLOR DA AMIZADE

Elio Mollo

Atualizada em

21 set 2007

 
 

 

Em um site passeava

em busca de uma flor.

Era para ilustrar um e-mail.

Mas de repente,

alguém me solicitou

uma informação,

de um jeito tão especial

que não tive

como lhe dizer não.

E quando lhe fiz o favor,

um agradecimento

tão sincero me chegou,

que a flor que tinha em mãos

a  enviei em sua direção,

para lhe retribuir a gratidão.

 

Que bom!

Era flor que ela mais gostava!

 

Mas afinal,

que importância teria

o valor daquela flor

que tinha na mão,

se não fosse

para oferecer a alguém

como galardão?

 

Importante foi lhe oferecer aquela flor,

pois o valor da flor aumentou

numa imensa dimensão

e, para mim voltou

como uma grande compensação.

Um grande tesouro de amizade

que de boa emoção

encheu todo o meu coração.

 

E no silêncio

desse espaço infinito

que Deus criou

Nossos corações se entrelaçaram

e se tornaram uma grande ação.

Ação de graça, de carinho, de muito amor.

O céu sorriu!

E essa amizade Deus abençoou!

E, do que era silêncio,

uma grande explosão emocional

dos anjos,

a música soou,

e numa fantástica luz

tudo se transformou,

unindo eternamente dois corações

para cantarem e poetizarem

 o lindo amor fraternal

de duas almas afins.


Poema dedicado à uma grande amiga internauta.

* * *

 

 
-   

T

-