BIBLIOTECA

Livros no formato PDF e DOC

Clique com o mouse aqui

para fazer o download do aplicativo

Adobe Reader

e ler as obras no formato PDF

-----

Para fazer o download do livro desejado

clique com o botão direito do mouse.

Ir em Salvar destino como

para salvar na pasta desejada.

Codificação Espírita

Obras com conotação Espírita

 

O que é o Espiritismo?

(Português)

 

Qu'est-ce que le Spiritisme?

(Française)

 

¿Qué es el Espiritismo?

(El Español)

 

Kio estas Spiritismo?

(Esperanto)

 

O Livro dos Espíritos

Trad. Guillon Ribeiro

 

El libro de los espíritus

(El Español)

 

The Spirits' Book

(English)

 

Le Livre des Esprits 1ª. ed

(Française)

 

Le Livre des Esprits

(Française)

 

La Libro de la Spiritoj

(Esperanto)

 

O Livro dos Médiuns

Trad. Guillon Ribeiro

 

The_Mediums_Book

(English)

 

El libro de los médiums
(El Español)

 

Le Livre de Mediums

(Française)

 

La Libro de la Mediumoj
(Esperanto)

 

Revista Espírita

 (1858/1869)

(Português em duas traduções)

 

Revue Spirite

 (1858/1869)

(Française)

 

O Evangelho Segundo o Espiritismo

Trad. Guillon Ribeiro

 

The Gospel According to Spiritism

(English)

 

El Evangelio según el Espiritismo

(El Español)

 

L 'Evangile Selon le Spiritisme

(Française)

 

La Evangelio Laü Spiritismo

(Esperanto)

 

O Céu e o Inferno

Trad. de Manuel Justiniano Quintão

 

El Cielo y el Infierno

(El Español)

 

Heaven and Hell

(English)

 

Le Ciel et L'Enfer

(Française)

 

A Gênese

Trad. Guillon Ribeiro

 

La Génesis

(El Español)

 

Genesis

(English)

 

La Genese

(Française)

 

O Espiritismo em Sua Expressão Mais Simples

(Português)

ADENÁUER MARCOS FERRAZ DE NOVAES

Psicologia do Espírito

Psicologia e Mediunidade

Reencarnação: processo educativo

 

ANDRÉ HENRIQUE (Natal)

A revolução do Espírito

 

AUTORES DIVERSOS

Artigos (Espiritismo Científico e Doutrinário)

 

CARLOS A. I. BERNARDO

Cronologia Espírita

 

CARLOS BERNARDO LOUREIRO
Das Profecias à Premonição

 

CARLOS DE BRITO IMBASSAHY

...E Deus,existe?

 

CARLOS ORLANDO VILLARRAGA
La Conservacion del Medio Ambiente Fisico Y Siquico
(
(El Español)
 

CENTRO ESPÍRITA “18 DE ABRIL”

Estudos Doutrinários 1

Estudos Doutrinários 2

Estudos Doutrinários 3

Estudos Doutrinários 4

Estudos Doutrinários 5

 

Centre spirite Lyonnais Allan Kardec

Curso de Introdução ao Espiritismo

 

CHRISTIANO TORCHI (Grupo de Estudos Avançados Espíritas)
Estudando “O Livro dos Espíritos”

 

DIVERSOS

Diretrizes de Apoio Para as Atividades Espíritas

Preparação de Trabalhadores para as Atividades Espíritas

 

DORA ALICE COLOMBO (Dora Incontri)

Pedagogia Espírita: um Projeto Brasileiro e suas Raízes Histórico-Filosóficas

 

ELIO MOLLO (Estudos e Pesquisas)

A Alma, Espírito, Perispírito, Fluido Universal, Princípio Vital e Fluido Vital

A Lei do Progresso

A Parábola dos Talentos

Allan Kardec (Biografia)

Castigos sim penas eternas não

Conceitos de Allan Kardec em Relação ao Caráter Religioso do Espiritismo

Conhecimento da Lei Natural

Conduta Espírita na Sociedade

Da Lei de Justiça, de Amor e de Caridade.

Das Manifestações Espíritas

De vuelta al cuerpo (El Español)

Dos três reinos

Encarnação dos Espíritos

Estados da emancipação da alma 1

Estados da emancipação da alma 2

Estados da emancipação da alma 3

Fluido Cósmico Universal

Ideias Inatas

Inconvenientes e Perigos da Mediunidade

Intervenção dos Espíritos no Mundo Corporal

La Parabola de los Talentos (El Español)

Histórico de O Livro dos Espíritos

Mundo Espírita ou dos Espíritos

O Espiritismo Exige Responsabilidade

O Perispírito

O tesouro das parábolas

Princípios Básicos do Espiritismo

Psicografia

Retorno a vida corporal

Sobre os animais

Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas (SPEE)

 

EUGENIO LARA

Amelie Boudet Uma Mulher de Verdade

Milenarismo e Espiritismo

Racismo e Espiritismo

 

HERMÍNIO C. MIRANDA

Diálogo com as Sombras

Nossos Filhos são Espíritos

 

HERNANI GUIMARÃES ANDRADE

Reencarnação e Aumento Populacional

 

IDE - INSTITUTO DE DIFUSÃO ESPÍRITA DE ARAS

O perispírito segundo Allan Kardec

 

El Espiritismo en su más simple expresión

(El Español)

 

Le Spiritisme a sa plus Simple Expression

(Française)

 

Resumo da Lei dos Fenômenos Espíritas

(Português)

 

Viagem Espírita

(Português)

 

Voyage Spirite

(Française)

 

Viaje Espírita en 1862

(El Español)

 

Instruction Pratique sur les Manifestations Spirites

(Française)

 

Catálogo Racional

das obras para se fundar uma Biblioteca Espírita

(Português)


Catalogue Raisonné

des ouvrages Pouvant Servir a Fonder

(Française)

 

Oeuvres Posthumes

(Française)

Obras Póstumas

(El Español)

IVAN RENÉ FRANZOLIM

Movimento e Doutrina

 

J. CARLOS MOREIRA GUIMARÃES DR.

Recordando o Rouxinol do Evangelho

 

JACOB HOLZMANN NETTO

Espiritismo e Marxismo

 

J. HERCULANO PIRES

A pedra e o Joio

Agonia das Religiões

Biografia

Ciência Espírita e suas Implicações Terapêuticas

Concepção Existencial de Deus

Curso Dinâmico de Espiritismo

Desvendando o Grande Desconhecido - José Herculano Pires (Mauro Spinola)

Educação para a Morte

Espiritismo Dialético
Evolução Espiritual do Homem

Homenagem aos 100 anos de O Livro dos Espíritos

Introdução a Filosofia Espírita

Mediunidade Vida e Comunicação

Na Era dos Espíritos (Francisco C. Xavier e Herculano Pires - Espíritos Diversos)

Na Hora do Testemunho

No Limiar do Amanhã

O Centro Espírita

O Espírito e o Tempo

O Homem Novo

O Infinito e o Finito

O Menino e o Anjo
O Mistério do Bem e do Mal
O Mistério do Ser ante a Dor e a Morte

O Reino (Irmão Saulo)

O Verbo e a Carne

Obsessão, Passe e Doutrinação

 

...ninguém, neste mundo, poderia alimentar fundadamente a pretensão de possuir, com exclusividade, a verdade absoluta. Se os Espíritos que a revelaram se houvessem manifestado a um só homem, nada lhe garantiria a origem, porquanto fora mister acreditar, sob palavra, naquele que dissesse ter recebido deles o ensino.

 

Allan Kardec in

O Evangelho Segundo o Espiritismo

AUTORIDADE DA DOUTRINA ESPÍRITA

 

------

-

Uma assembléia é um foco de onde se irradiam pensamentos diversos; é como uma orquestra, um coro de pensamentos onde cada um produz a sua nota. Disso resulta uma multidão de correntes e de eflúvios fluídicos dos quais cada um recebe a impressão pelo sentido espiritual, como num coro de música, cada um recebe a impressão dos sons pelo sentido do ouvido

 

REVISTA ESPÍRITA
Jornal de Estudos Psicológicos
publicada sob a direção de Allan Kardec
 

 

DEZEMBRO 1864

 

Os Sonhos de Liberdade
Os 3 Caminhos de Hécate

Parapsicologia Hoje e Amanhã
Pedagogia Espírita

Pesquisa sobre o Amor
Revisão do cristianismo
Vampirismo

Vampirismo Sexual (Equipe Consciência Espírita)

Visão Espírita da Bíblia

 

JOÃO TEIXEIRA DE PAULA

Introdução ao Estudo da Doutrina Espírita

 

JOSÉ CARLOS LEAL

Qualidade de Vida e Espiritismo

 

LEON DENIS

Apres la Mort (Française)

Biografia

Catecismo Espírita

Christianisme et Spiritisme (Française)

Cristianismo e Espiritismo
Dans L 'Invisible
(Française)
Depois da Morte

Espíritos e Médiuns

Esprits et Mediums (Française)

Giovanna

Giovanna (Française)

Jeanne D'Arc Medium (Française)

Joana d'Arc Médium

L'au-Dela (Française)

La Grande Enigme (Française)
Le Genie Celtique et le Monde Invisible
(Française)

Le Probleme de L'etre et de la Destinee (Française)

Life And Destiny (English)

O Além e a Sobrevivência do Ser

O Espiritismo e as Forças Radiantes
O Espiritismo e o Clero Católico

O Espiritismo na Arte

O Gênio Céltico e o Mundo Invisível

O Grande Enigma

O Mundo Invisível e a Guerra

O Porquê da Vida

O Problema do Ser, do Destino e da Dor

O Progresso

Os Espíritos e os Médiuns

Prières et allocutions à l ’usage des groupes spirites (Française)

Síntese-Doutrina e Prática do Espiritismo
Socialismo e Espiritismo

 

O caráter essencial da revelação divina é aquele da eterna verdade. Toda revelação maculada de erro ou sujeita a trocas, não pode emanar de Deus.

 

Allan Kardec in A Gênese, cap.I

MANUEL S. PORTEIRO

Concepto Espírita de la Sociología (El Español)

Conceito Espírita de Sociologia

Espiritismo Dialectico

Origem_das_Idéias_Morais

Origen de las Ideas Morales (El Español)

 

MARTINS PERALVA

Estudando a Mediunidade

 

PAULO NETO

A Alma Dorme no Mineral?

As colônias espirituais e a Codificação

EL, o Verdadeiro Deus dos Ebreus Politeístas

Espiritismo: princípios, práticas e provas.

O Mito da Reencarnação de Kardec como Chico Xavier

O Passe Magnético

Reencarnação no Concílio de Constantinopla

Racismo em Kardec (Atualizado em maio de 2012)

 

RUBENS POLICASTRO MEIRA
O Passe - Terapêutica Espírita

 

SUELY CALDAS SCHUBERT

Obsessão e Desobsessão

 

VICTOR RIBAS CARNEIRO

ABC do Espiritismo

 

WALDIR DE OLIVEIRA

Feitura do O Livro dos Espíritos

 

Obras Mediúnicas

(Espiritualistas)

 

A crença na vida futura, mostrando a perpetuidade das relações entre os homens, estabelece entre eles uma solidariedade que não termina no túmulo; ela muda, assim, o curso das idéias. Se essa crença fosse apenas um espantalho, seria temporária; mas como sua realidade é um fato adquirido pela experiência, ela está no dever de a propagar e de combater a crença contrária, no interesse mesmo da ordem social. É isso o que faz o Espiritismo, e com sucesso, porque dá a certeza de viver feliz em um mundo melhor, como compensação às misérias deste mundo, do que crer estar morto para sempre. O pensamento de se ver aniquilado para sempre, de crer os filhos e os seres que nos são caros, perdidos sem retorno, sorri a um bem pequeno número, crede-me; por isso os ataques dirigidos contra o Espiritismo em nome da incredulidade têm tão pouco sucesso, e não o abalaram um instante.

 

Allan Kardec in O QUE È O ESPIRITISMO (Terceiro diálogo - O Padre)

 

* * *

O sobrenatural é o que está fora das leis da Natureza. O positivismo não admite nada fora dessas leis; mas as conhece todas? Em todos os tempos, os fenômenos cuja causa era desconhecida foram reputados sobrenaturais; cada nova lei descoberta pela Ciência recuou os limites do sobrenatural. Pois bem! o Espiritismo vem revelar uma lei segundo a qual a conversação com o Espírito de um morto repousa sobre uma lei tão natural como aquela que permite à eletricidade estabelecer contacto entre dois indivíduos a quinhentas léguas de distância; e assim todos os outros fenômenos espíritas. O Espiritismo repudia, no que lhe concerne, todo efeito maravilhoso, quer dizer, fora das leis da Natureza. Ele não faz nem milagres, nem prodígios, mas explica, em virtude de uma lei, certos efeitos reputados até hoje como milagres e prodígios, e por isso mesmo demonstra sua possibilidade. Amplia assim o domínio da Ciência, e é nisso que ele próprio é uma ciência. Mas a descoberta dessa nova lei, ocasionando conseqüências morais, a codificação dessas conseqüências fez dele uma doutrina filosófica.
 

Allan Kardec in O que é o Espiritismo

(Segundo Diálogo - O Céptico - O maravilhoso e o sobrenatural)

 

 

 

 

Se uma religião qualquer pode ser comprometida pela ciência, a falta não é da ciência, mas da religião fundada sobre dogmas absolutos, em contradição com as leis da natureza, que são leis divinas. Repudiar a ciência é, pois, repudiar as leis da natureza e, por isto mesmo, renegar a obra de Deus.

 

REVISTA ESPÍRITA, julho 1864

Jornal de Estudos Psicológicos
publicada sob a direção de Allan Kardec

A RELIGIÃO E O PROGRESSO

 

 

 

ANDRÉ LUIZ

Ação e Reação

Agenda Cristã

Apostilas da Vida

Conduta Espírita

Desobsessão

E a Vida Continua

Entre a Terra e o Céu

Evolução em dois Mundos

Libertação

Mecanismos da Mediunidade

Missionários da Luz

No Mundo Maior

Nosso Lar

Obreiros da Vida Eterna

Os Mensageiros

Respostas da Vida

Sexo e Destino

Sinal Verde

 

ANDRÉ LUIZ & EMMANUEL

Estude e Viva

 

EMMANUEL

A Caminho da Luz

Ave Cristo

Caminho, Verdade e Vida

50 Anos Depois

Fonte viva

Há 2000 Mil Anos

Justiça Divina

Mediunidade e Sintonia

O Consolador

Pão Nosso

Paulo e Estevão

Pensamento e Vida

Religião dos Espíritos

Renúncia

Seara dos Médiuns

Vida e Sexo

Vinhas de Luz

 

ESPÍRITOS DIVERSOS

A Estrutura da Materia segundo os Espíritos 1

A Estrutura da Materia segundo os Espíritos 2

 

HAMMED

As Dores da Alma

Renovando Atitudes

 

IRMÃO JACOB

Voltei

 

NEIO LÚCIO

Jesus no Lar

 

NORA (Espírito)

Aconteceu na Casa Espírita

 

RABINDRANATH TAGORE

O Mundo de Francisco de Assis

 

ROBSON PINHEIRO SANTOS

Legião

Tambores de Angola

 

SALVADOR GENTILE

Senzala

 

VERA LÚCIA MARINZECK DE CARVALHO

Violetas na Janela

 

YVONNE A. PEREIRA

Dramas da Obsessão

Memórias de um suicida

Recordações da Mediunidade

 

APOSTILAS (diversas)

(no formato PDF)

É bom atentar que

 

A única garantia segura do ensino dos Espíritos está na concordância das revelações feitas espontaneamente, através de um grande número de médiuns, estranhos uns aos outros, e em diversos lugares.

(A. Kardec)

 

Leia,

 

Estude,

 

Compare,

 

Questione

 

e Aceite somente o que o bom senso possa conduzir a lógica dos fatos.

COMPORTAMENTO

Cursos para gestantes

Equilíbrio no dia a dia

Matrimonio e divorcio

O Be a Ba do bem viver

Valorização da vida humana

 

COMUNICAÇÃO

Curso de Expositor

Importância dos objetivos (Sobre preleções)

Sobre Pedagogia (Informações e Sugestões)

 

FEDERAÇÃO ESPÍRITA DO PARANÁ
Como Fazer A Organização da Casa Espírita
Como Fazer O Atendimento fraterno

 

GRUPO ESPÍRITA DR.º BEZERRA DE MENEZES
O Espiritismo - Cronologia

 

SOBRE O PASSE ESPÍRITA

Passe

 

 Obras Metapsiquicas

(Fenômenos mecânicos e psicológicos)

No estado atual dos nossos conhecimentos, não podemos admitir o puro materialismo, nem o puro espiritualismo, pois tudo nos leva a crer que não há matéria sem inteligência, nem inteligência sem matéria. Na molécula mineral, vegetal ou animal; na planta, no animal, no homem; no espírito desencarnado, mesmo de grande elevação; no universo, considerado no seu conjunto; numa palavra, em tudo quanto existe, a matéria e a inteligência estão unidas em proporções diversas.

 

* * *

 

O Universo, no sentido de totalidade, uma vez considerado em partes isoladas, está submetido à evolução progressiva e contínua, tendo em conta que há evolução para o princípio material e evolução para o princípio psíquico.

 

Gustave Geley in
Resumo da Doutrina Espírita

ALEXANDER AKSAKOF

Biografia

Animismo e Espiritismo

Um caso de Desmaterialização

 

CESAR LOMBROSO

Biografia

Hipnotismo e Mediunidade

 

ERNESTO BOZZANO
A Crise da Morte
Animismo ou Espiritismo?
Metapsiquica Humana
Os Animais têm Alma?
Pensamento e Vontade

 

GABRIEL DELANNE
A Alma é Imortal
A Evolucao Animica
O Espiritismo Perante a Ciência
O Fenômeno Espírita

 

HUMBERTO MARIOTTI

Biografia

Dialética e Metapsiquica

O Homem e a Sociedade numa Nova Civilização

 

JOHAN CARL FRIEDRICH ZÖLLNER

Biografia

Provas Científicas da Sobrevivência

 

PAUL BODIER

Como Desenvolver a Mediunidade

 

 Espiritualistas (Diversos)

As comunicações grosseiras e inconvenientes, ou simplesmente falsas, absurdas e ridículas, não podem emanar senão de Espíritos inferiores: o simples bom senso o indica. Esses Espíritos fazem o que fazem os homens que se vêem escutados com complacência se ligam àqueles que admiram suas tolices e, freqüentemente, deles se apoderam e os dominam ao ponto de fasciná-los e subjugá-los. A importância que se dá às suas comunicações, pela publicidade, os atrai, os anima e os encoraja. O único, o verdadeiro meio de afastá-los, é provar-lhes que não se é sua vítima, rejeitando implacavelmente, como apócrifo e suspeito, tudo o que não é racional, tudo o que desmente a superioridade que se atribui o Espírito que se manifesta, e o nome com o qual se veste: então, quando ele vê que perde o seu tempo, retira-se.

 

REVISTA ESPÍRITA
Jornal de Estudos Psicológicos
publicada sob a direção de Allan Kardec

 Deve-se publicar tudo quanto dizem os Espíritos?

novembro de 1859

-------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

 

 

 

 

 

Como as plantas, é preciso que as idéias amadureçam para recolher-lhes os frutos. Saibamos, além disso, fazer as concessões necessárias às épocas de transição, porque nada, na Natureza, se opera de maneira brusca e instantânea.
 

REVISTA ESPÍRITA

Jornal de Estudos Psicológicos
publicada sob a direção de Allan Kardec

DEZEMBRO 1864

 

CAMILLE FLAMMARION
Biografia

 

A Morte e seu Mistério
     Volume 1
     Volume 2
     Volume 3
 

As Casas Mal Assombradas
Como Acabara o Mundo
Deus na Natureza
Estela
Narrações do Infinito

 

O Desconhecido e os Problemas Psíquicos

     Volume 1

     Volume 2

 

O Fim do Mundo
Urânia

 

CHICO XAVIER – WALDO VIEIRA – JORGE RIZZINI

Castro Alves Fala a Terra

 

EDGARD ARMOND

Os Exilados da Capela

 

C. TORRES PASTORINO

Minutos de Sabedoria

Sabedoria do Evangelho

Biografia

Índice Geral

Notas sobre o trabalho

Volume 1

Volume 2

Volume 3

Volume 4

Volume 5

Volume 6

Volume 7

Volume 8

Técnica da Mediunidade 1

Técnica da Mediunidade 2

Técnica da Mediunidade 3

Técnica da Mediunidade 4

Técnica da Mediunidade 5

 

GUSTAVE GELEY

Biografia
O Ser Subconsciente

Resumo da Doutrina Espírita

...o Espiritismo é toda uma ciência, toda uma filosofia. Quem, pois, seriamente queira conhecê-lo deve, como primeira condição, dispor-se a um estudo sério e persuadir-se de que ele não pode, como nenhuma outra ciência, ser aprendido a brincar.

 

ALLAN KARDEC in O LIVRO DOS MÉDIUNS

1ª. Parte, cap III

 

HERMÍNIO C. MIRANDA
Diálogo com as Sombras

MAJOR ARTHUR E. POWELL

Duplo Etérico

 

PIETRO UBALDI
A Nova Civilização do Terceiro Milênio
Evolução e Evangelho
Fragmentos de Pensamento e de Paixão

 

SAMAEL AUN WEOR
O Livro Amarelo ou Kundalini Yoga

 

SIR OLIVER LODGE
Porque Creio na Imortalidade da Alma

 

SÂNDALO

Tema Moral

 

Livros (Diversos)

(no formato PDF)

Toda teoria em manifesta contradição com o bom senso, com uma lógica rigorosa e com os dados positivos que se possuem, por mais respeitável que seja a sua assinatura, deve ser rejeitada.

 

Allan Kardec in Revista Espírita, abril de 1864

Controle dos Ensinos dos Espíritos

 

 

 

 

...os que desejam conhecer completamente uma ciência devem ler necessariamente tudo o que foi escrito a respeito, ou pelo menos o principal, não se limitando a um único autor. Devem mesmo ler os prós e os contras, as críticas e as apologias, iniciar-se nos diferentes sistemas a fim de poder julgar pela comparação. Neste particular, não indicamos nem criticamos nenhuma obra, pois não queremos influir em nada na opinião que se possa formar. Levando nossa pedra ao edifício, tomamos apenas o nosso lugar. Não nos cabe ser ao mesmo tempo juiz e parte e não temos a pretensão ridícula de ser o único a dispensar a luz. Cabe ao leitor separar o bom do mau, o verdadeiro do falso.


in O Livro dos Médiuns, primeira parte, cap. III. Obra codificada por Allan Kardec

ADOLFO BEZERRA DE MENEZES Dr.
A Escravidão no Brasil

 

ALEXANDRE MOREIRA DE ALMEIDA
Perfil e psicopatologia de médiuns espíritas

(Tese apresentada ao Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo)

 

ANDRE DUMAS

Allan Kardec Sua Vida e Sua Obra

 

ANÔNIMO
As Bem-Aventuranças e o Sermão da Montanha de Jesus Cristo

 

CÉLIA DA GRAÇA ARRIBAS
Afinal, espiritismo é religião?

 

EDITORA CONSTRUIR
Acordo ortográfico com bonecos

 

FERNANDO ORTIZ

Filosofia Penal dos Espíritas

 

HERMES TRISMEGISTO
Ensinamentos Herméticos

 

JACOB HOLZMANN NETO

Espiritismo e Marxismo

 

JIDDU KRISHNAMURTI
A Arte da Meditação

A Verdade é uma Terra sem Caminhos

Aos Pés do Mestre
Apontamentos Sobre Auto Conhecimento

 

JOEL HEINZEN
A Revolução da Esperança: Na Perspectiva de Erich Fromm

 

PARACELSO
As Plantas Mágicas

 

 

JORNAIS E REVISTAS

(no formato PDF)

Foi lá (na casa do Sr. Baudin, onde ocorriam  sessões semanais)  que fiz os meus primeiros estudos sérios em Espiritismo, menos ainda pela revelação do que pela observação. Apliquei a essa nova ciência, como o fizera até então, o método da experimentação; jamais ocasionei teorias preconcebidas: observava atentamente, comparava, deduzia as conseqüências; dos efeitos procurava remontar às causas, pela dedução e o encadeamento lógico dos fatos, não admitindo uma explicação como válida senão quando podia resolver todas as dificuldades da questão. Foi assim que sempre procedi em meus trabalhos anteriores, desde a idade de 15 a 16 anos. Compreendi, desde logo, a seriedade da exploração que iria empreender; entrevi, nesses fenômenos, a chave do problema, tão obscuro e tão controverso, do passado e do futuro da Humanidade, a solução do que havia procurado em toda a minha vida; era, em uma palavra, toda uma revelação nas idéias e nas crenças; seria preciso, pois, agir com circunspeção, e não levianamente; ser positivo e não idealista, para não se deixar iludir.

Um dos primeiros resultados de minhas observações foi que os Espíritos, não sendo outros senão as almas dos homens, não tinham a soberana sabedoria, nem a soberana ciência; que o seu saber estava limitado ao grau de seu adiantamento, e que a sua opinião não tinha senão o valor de uma opinião pessoal. Essa verdade, reconhecida desde o princípio, me preservou do grande escolho de crer em sua infalibilidade, e me impediu de formular teorias prematuras sobre o dizer de um só ou de alguns.

 

Allan Kardec in Obras Póstumas - 2ª parte
Minha primeira iniciação no Espiritismo

JORNAIS

A Voz do Espírito - Número 91 - Ano 10 - Maio/Junho de 1998

Construindo a Vida - 161
Construindo a Vida - 163
Construindo a Vida - 173
Construindo a Vida - 180
Construindo a Vida - 181
Construindo a Vida - 182
Construindo a Vida - 183
Construindo a Vida - 186

Construindo a Vida - 187
Construindo a Vida - 189
Construindo a Vida - 196
Construindo a Vida - 197

Entre nós 37

Entre nós 39

Entre nós 40

Entre nós 41

Entre nós 42

Entre nós 43

Entre nós 45

Entre nós 46

Entre nós 47

Entre nós 48

Entre nós 49

Entre nós 50

Entre nós 51

Entre nós 52

Entre nós 53

Entre nós 54

Entre nós 55

Entre nós 56

Entre nós 57

O Milênio Espírita

Reformador Nº. 2014

Reformador Nº. 2015

Reformador Nº. 2035

Reformador Nº. 2039

Reformador Nº. 2040

Reformador Nº. 2044

Reformador Nº. 2049

Reformador Nº. 2071

Reformador Nº. 2072

Reformador Nº. 2073

Reformador Nº. 2122

Reformador Nº. 2123

Reformador Nº. 2149

Revelar é fazer conhecer uma coisa que não é conhecida; é ensinar a alguém o que ele não sabe. Deste ponto de vista, para nós uma revelação, por assim dizer, incessante. Qual é o papel do professor diante de seus alunos, se não é o de um revelador? Ensina-lhes o que não sabem, o que não teriam nem o tempo, nem a possibilidade de descobrir por si mesmos, porque a ciência é a obra coletiva dos séculos e de uma multidão de homens que lhe trouxeram, cada um, seu contingente de observações, e do qual se aproveitam aqueles que vêm depois deles. O ensino, pois, em realidade, é a revelação de certas verdades científicas ou morais, físicas ou metafísicas, feitas por homens que as conhecem, a outros que as ignoram, e que, sem isto, as teriam sempre ignorado.

 

Allan Kardec in Revista Espírita, abril 1866 

DA REVELAÇÃO.

Informativo ComCiência - Ano I nº. 1
Informativo ComCiência - Ano I nº. 2
Informativo ComCiência - Ano I nº. 3
Informativo ComCiência - Ano I nº. 4
Informativo ComCiência - Ano I nº. 5
Informativo ComCiência - Ano I nº. 6
Informativo ComCiência - Ano I nº. 7
Informativo ComCiência - Ano I nº. 8
Informativo ComCiência - Ano I nº. 9
Informativo ComCiência - Ano I nº. 10
Informativo ComCiência - Ano I nº. 11
Informativo ComCiência - Ano I nº. 12
Informativo ComCiência - Ano II nº. 1
Informativo ComCiência - Ano II nº. 2

Informativo ComCiência - Ano II nº. 3
Informativo ComCiência - Ano II nº. 4

Informativo ComCiência - Ano II nº. 5

A vida é feita de muitas experiências e nelas vivemos maus e bons momentos. Ficar cultivando os óbices de ontem e de hoje é abdicar de ser feliz. O bom momento é sempre o agora. Se enfrentamos obstáculos, superá-los significará grandeza e crescimento; se passamos por fase agradável, partilhar as alegrias com quem amamos será prolongar e eternizar as boas lembranças no coração.

 

Joamar Zanolini Nazareth in A SENDA nº.69, janeiro de 2007.

A Senda nº.67
A Senda nº.68
A Senda nº.69
Bahia Espírita nº.119
Bahia Espírita nº.120
Boletim CEI nº.0
Boletim CEI nº.1
Boletim CEI nº.2
Boletim CEI Euro nº.0
Boletim CEI Euro nº.1
Boletim CEI Euro nº.2
BUSS Newsletter nº.07
BUSS Newsletter nº.10
BUSS Newsletter nº.12
Camino de Luz nº.4
Camino de Luz nº.5
Camino de Luz nº.6

 

ARTIGOS AVULSOS

(no formato PDF)

Só é inabalável a fé que pode enfrentar a razão face a face em todas as épocas da Humanidade.

Allan Kardec in

O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO

Cap. XIX, item 7

MAURO DA SILVA COSTA E ELIO MOLLO

Rituais Espíritas

 

SILVIO SENO CHIBENI

A Questão da Cientificidade da Homeopatia

 

O Livro é um amigo


Com ele viajamos sem cessar.


Além do horizonte, além do mar...

João André Soares
Escola E.B. 2.3. Grão Vasco, Viseu - Idade 14 anos