-   

 

-

 

Tema: ZILDA ARNS

(Homenagem poética)

 

 Poemas

 

Poetas

(CIRANDA POÉTICA)

 

Primeira publicação (Alceu S. Costa)

em 15/01/2010 - 12h45m

 


Última atualização:

em 19/01/2010 - 13h08m

Alceu Sebastiao Costa
Marcial Salaverry
Esther Ribeiro Gomes
Ilze Soares
Stella Bernardes
José Ernesto Ferrarresso
Clara da Costa
Beki Bassan
Antonio Cícero da Silva
Silvia Giovatto (faffi)
Ninita Lucena
Eri Paiva
Kedma O'liver
Maria Thereza Neves

-   

 

-

 

 

ZILDA ARNS
Alceu Sebastião Costa

 

O doce sorriso nos lábios
O anônimo inocente nas mãos
Retrato de um momento sagrado
Símbolo de uma nobre missão.

 

* * *

 

ZILDA ARNS
Marcial Salaverry

 

Sempre se entregou à sua missão,
mais que um dever, algo sagrado,
a todos estendia suas mãos,
sempre com um sorriso nos lábios...

 

* * *

 

TRIBUTO À ZILDA ARNS
Esther Ribeiro Gomes
 
 

Há pessoas que nascem com um dom divino. A vida para elas é um doar constante!

 

Assim foi com Madre Tereza de Calcutá, Irmã Dulce e Zilda Arns, entre tantas outras, na história da humanidade.

 

Mulheres guerreiras, que se doaram por inteiro às causas sociais.

 

Com a médica Dra. Zilda, não foi diferente. Ela realizou um trabalho pioneiro em vários estados brasileiros, hoje implantado em diversos países:  a ‘Pastoral da Criança’.

 

Inúmeras vidas ela salvou nas regiões carentes, ensinando as mães a alimentar e cuidar da saúde de seus bebês. Nascida em Santa Catarina, era irmã do Cardeal de São Paulo, Dom Paulo Evaristo Arns e residia em Curitiba (Paraná), onde fica a sede da Pastoral da Criança.

 

Treinou inúmeras pessoas que hoje trabalham nas pastorais por este país afora e estava iniciando uma nova pastoral: a do idoso.

 

No momento da tragédia do Haiti, estava numa Igreja, ministrando uma palestra sobre os primeiros cuidados na infância.

 

Quis Deus que sua missão terminasse ali...

 

O mundo ficou mais pobre sem essa mulher admirável! Mas a semente plantada por ela floresceu e frutificou...

 

Seu filho médico que junto à mãe se dedica a essa nobre causa, dará continuidade ao magnífico trabalho de solidariedade implantado por ela!

 

Seu exemplo há de ser seguido por homens e mulheres de boa vontade que têm consciência da missão destinada por Deus a cada um de nós!

 

Descanse em paz nos braços de Deus, Dra. Zilda Arns!

 

* * *

 

Dra Zilda Arns
Ilze Soares

 

Mulher forte e destemida,
aos pobres se dedicou.
Foi no Haiti, terra sofrida,
que um terremoto a dizimou.

 

* * *

 

Dra Zilda Arns
Stella Bernardes

 

Se escolhida foi para o povo servir
Das suas nobres ações vamos falta sentir
La no Haiti, terra de pobres
A Natureza pôs fim a essa alma caridosa!
Se ca na Terra ainda estivesse,
certamente pediria nesse dia:
Ajudem como puderem a esse povo todos os dias!!!

 

* * *

 

ZILDA ARNS
José Ernesto Ferrarresso

 

Zelava aqueles que mais necessitavam.
Incentivando a todos sempre ela ensinava.
Líder, médica e fundadora da Pastoral das Crianças.
Deixa-nos ensinando mais uma vez em um país distante .
Acontece uma desgraça e um grande momento desesperado.
 
Amiga, mulher, educadora inesquecível.
Rumor, tremor e o desespero fora fatal.
Naquele momento que estava em missão em uma igreja.
Sua alma subiu aos céus e hoje encontra-se no Plano Celestial.

 

Serra Negra
15/01/10

 

* * *

 

ZILDA ARNS
Clara da Costa

 

Uma Sra. de sorriso doce,
uma fala mansa e terna.
Uma grande mulher,
guerreira e muito humana,
até o fim de seus dias aqui na Terra.

 

* * *

 

ZILDA ARNS
Beki Bassan

 

Mulher guerreira e decidida,
abdicou de sua vida pessoal,
entregando-se a cuidar dos pobres do Haiti.
Mas... um terremoto sua vida levou.
Hoje se encontra no Plano Celestial.
Com esperança e fé vamos continuar
com dedicação e firmeza esta obra divina
que a Dra. Zilda nos ensinou.

 

* * *

 

ZILDA ARNS
Antonio Cícero da Silva

 

Escolheu a boa parte
Resolveu com os pobres colaborar
E como guerreira no combate
Estará sempre a muito brilhar...
Por força do trágico terremoto
Que ruínas veio a formar
Surgiram muitos destroços
Que vieram a ela dizimar...

 

* * *

 

Zilda Arns
Silvia Giovatto (faffi)

 

Viajando pelo mundo semeando paz e amor,
um anjo destemido muitas vidas salvou.
No Haiti, em missão pela Pastoral da Criança
sua vida foi ceifada... e
sob uma revoada de pombas brancas.
Zilda Arns, foi sepultada.
Sua missão acabou?
Acredito que não,
anjos estão sempre em atividade.

 

* * *

 

UM PLEITO DE GRATIDÃO
Ninita Lucena

 

Como falar desta mulher
De tanta fibra e de fé...
Humana, em especial
Defendendo seu ideal

 

Para o que der e vier...
Desenvolveu seu mister
Criando assim a Pastoral
Da Criança, um referencial

 

Mundial para quem quiser
Seguir um exemplo de fé
E coragem. Vida triunfal,
Morte em serviço, na real

 

Luta. Zilda, médica, mulher,
Heroina, uma Maria, Ester,
Joana D’Arc, esteio fenomenal,
Expoente de virtude sem igual.

 

* * *

 

ZILDA ARNS – A PASTORA
Eri Paiva

 

Em vida fizeste o bem
Ao rebanho mirim de Jesus
E agora a recompensa tu tens
De participar da sua Luz!

 

Chamada a seres pastora
No imenso campo da infância,
Vigiaste, alimentaste
Uma multidão de crianças!

 

A tua luta diária
Contra uma realidade malsã,
Foi energia injetada
Nas forças do amanhã!

 

Semelhante devotamento
Em ambiente tão hostil
Te reconhece o mundo
E, em especial, o Brasil!

 

Para cuidar das crianças,
Tuas pequeninas flores,
Preparaste e equipaste
Milhares de líderes-pastores!

 

Com as sementes aqui lançadas
De um trabalho pioneiro,
Em países de boa vontade,
Abriste novos canteiros.

 

Pastora, doce Pastora
Da Pastoral da Criança,
Quem provou do teu amor
Consagrar-te-á na lembrança!

 

Já que a Divina Providência
Determinou tua missão concluir
E o teu passaporte p’ro céu,
Assinou no Haiti...

 

Nós só podemos dizer:
Ai que saudades de ti!

 

Em 17. 01. 2010

 

* * *

 

ZILDA ARNS
Kedma O'liver
 
Com muito amor
Entre nós viveu
Deixou-nos dor
Anjo... voltou ao céu

 

* * *

 

ZILDA ARNS
Maria Thereza Neves

 

Incomparável mulher,
desprovida de orgulhos
abre mão dos palácios
lutando sempre pela Paz
pelos sem tetos, pelas crianças
sua casa agora é no céu
olhando por nos!

 

* * *

  

 

-   

 

-