-    

 

 

Tema: A ORAÇÃO DO POETA

 

 Poemas

 

Poetas

(CIRANDA POÉTICA)

 

Primeira publicação (Rogério Miranda in solo)

em 23/02/2012 - 10h07min


Última atualização:

em 29/02/2012 - 19h53min

Rogério Miranda (in memorian)
Marcial Salaverry
Augusta Schimidt
Humberto - Poeta
Maria Tomasia
Barbet
Clara da Costa
Cássia Vicente
Mifori
Esther Ribeiro Gomes
Antonio Cícero da Silva (Águia)
faffi/Silvia Giovatto
Ninita Lucena
Anderson Santos Andrade Silva
Mercília Rodrigues
Sandra Galante
Eri Paiva

-   

 

-

 

 

A ORAÇÃO DO POETA
Rogério Miranda
poeta da paz

 

A intuição do poeta
nasce com o amanhecer
despertando com o sol
para festejar o vôo dos sentimentos
que estão comemorando
mais uma inspiração...

 

Uma paisagem pinta
seu dia em versos
quando uma poesia
ganha vida compondo
uma valsa ao som
dos quatros cantos do mundo...

 

Sua imaginação
vai alem da fronteira do infinito
onde esta guardada
o segredo da aliança dos
poetas perdidos entre
versos e poemas

 

A oração do poeta
é o silencio de sua escrivaninha
onde ele fala com Deus escrevendo
versos de paz contemplando
o amor
...

 

* * *

 

QUANDO O POETA ESCREVE
Marcial Salaverry
 
Quando o poeta escreve,
a poesia pode ser
forte como o vento,
falando sobre um lamento...
Da brisa, tem a suavidade,
quando fala em felicidade...
Tem a violência da tempestade,
quando de um protesto vê a necessidade...
Como o vento, soprando ao ouvido
fazendo ao seu amor um pedido,
um apelo sussurrado
de um coração apaixonado...
Do nada o poeta pega a inspiração,
dizendo o que lhe vai no coração...
Com rimas e versos lhe fala do encanto,
de quem te ama tanto...
O poeta é um eterno enamorado,
tanto em um dia ensolarado,
como em noites de luar,
sempre poeta quando está a amar...
No céu, na terra ou no mar...
Sempre um poema a cantar,
os versos que o vento deve espalhar...
Com o poeta, o amor há de sempre viver,
pois a poesia não deixará jamais o amor morrer...
E assim, a voz do poeta jamais morrerá...

 

* * *

 

ORAÇÃO DO POETA
Augusta Schimidt

 

Deus,


Neste momento, elevo meu pensamento a Ti e junto minhas mãos em agradecimento.


Obrigada, Deus, pela beleza e sabedoria da natureza, pelo sorriso das crianças, pela ternura das mães, pelo sol que ilumina meus dias, pela noite que silenciosa vela meu sono.


Agradeço também pelas oportunidades que tenho. Pelos mestres das artes que colaboram para que através delas eu possa aprender e ensinar, pela musica que me enriquece o espírito e me transporta aos sonhos onde busco inspiração.


Obrigada Senhor pelos animais, pelas flores que são as estrelas da terra e alegram o meu existir e sobretudo agradeço pelos muitos amigos que tenho, pessoas do bem que me enobrece a vida com os exemplos de suas ações.


E por fim Senhor eu Lhe agradeço por ser o maior de todos os Poetas e ter compartilhado comigo sua maior obra... a Vida.


Amém

 

* * *


POETA QUE É POETA
Humberto - Poeta


Quando o poeta é poeta
não rima sal com cacau,
usa a métrica correta
e o compasso de bom grau.
 
Não mistura versos soltos
com outros que tenham rimas;
em metáforas envoltos,
faz versos de belas primas.
 
Se o verso livre é o seu lema,
as rimas são dispensáveis,
pois tais formas de poema
são, também, muito agradáveis.
 
Não topo vate sem viço,
que no plágio se achincalha:
ou é poeta castiço
ou não passa de um canalha!
 
* * *

 

ORAÇÃO AO POETA
Maria Tomasia
 
Durante dias e noites
meu poetar é em oração.
Às vezes faço pernoites
para aliviar meu coração.
 
Agradeço pela sensibilidade
das lágrimas que verto ao poetar;
pelo dom da solidariedade
e de emoção, conseguir chorar.
 
Faço oração no meu versejar,
ao amor, à paixão e até à dor.
Os meus versos procuro rimar,
porque assim transmito mais amor.
 
Oro aos poetas que são mentirosos
e fazem da poesia uma heresia,
transformando vidas em destroços
em vez de espalhar a necessária alegria.

 

* * *

 

A ORAÇÃO DO POETA
Barbet
23 de fevereiro 2012
 
Amado Criador de tudo e todos,
Mais uma vez aqui estou e sempre estarei,
Para admirar a Tua infinita obra,
Feliz Pela oportunidade de poder participar.
 
Sei que o Grande Autor
Não esqueceu detalhe algum,
Nada ficou por fazer ou colocado a mais,
Exatamente como tinha que ser.
 
Humildemente, sem entender o porquê,
Confesso-me grata de conseguir escrever,
Tentando retratar em simples palavras,
Alguns sentimentos do nosso ser.
 
E com este sutil instrumento,
Dado por Ti, neste momento,
Minhas mãos e pensamentos,
Peço, imploro por este pequeno planeta.
 
Habitado por mentes tão incríveis,
Capazes de bravura e desventuras,
Todos voltados irremediavelmente a Ti,
De Havona ainda distante, mas a caminho certamente.
 
Os céus ainda tem um azul inimaginável,
O Branco do quebrar das ondas é salgado, temperado,
O Verde ainda entapeta o solo fofo ao caminhar,
E o fogo aquece nossa vida mais básica.
 
Não permitas que tanta beleza seja desfeita,
Que os homens não sejam confiáveis,
Que o isolamento seja a salvaguarda da paz,
Por favor, meu Criador recria o amor.
 
No coração do artista  a esperança,
Nas mãos do Criador a possibilidade da temperança,
Que esta venha de forma indireta em cada um de nós,
Mesmo que tenha que ser, mais uma vez, inspirada por Ti.
 
Já escrevi muito e pensei ainda mais,
Desculpe é um problema dos poetas,
Despeço-me por hora,
Até mais.
 
* * *

 

A ORAÇÃO DO POETA
Clara da Costa
 
Quando a noite se veste de silêncio e mansidão
e os beijos dos ventos se acariciam,
o pensamento do poeta levanta vôo
se tornando mar e imensidão.
 
Nesse momento, o coração do poeta
é abalado por várias emoções,
tudo é amor, suavidade,
ternura e saudade.
 
Pensamentos se misturam
ecos de lembrança povoam sua mente
abrem feridas, sangram a alma,
numa gota cristalina de uma terna melancolia.
 
Assim é o poeta...
seus sentimentos navegam à flor da pele
pelas estradas da sua inspiração,
contemplando o amor...sempre o amor!
 
* * *

 

A ORAÇÃO DO POETA
Cássia Vicente
 
A oração do Poeta
são os versos que escreve.
 
Algumas orações falam de amor,
outras de dor, de perdão, de súplica,
de paz, até de  desamor e guerra ele
fala em sua oração.
 
O Poeta ora pela manhã, a tarde, a noite,
mas é pela madrugada que ele ora com
mais paixão, será que é por causa
da solidão que sente e as palavras saem do
coração com mais fervor?
 
Pode ser que sim, que não...enfim...
no final, cada oração que o poeta faz, não importa
se tem sol ou lua é sempre uma súplica vinda
do coração!
 
* * *

 

A ORAÇÃO DO POETA
Mifori
 
Senhor!
Que eu possa e saiba transmitir
a beleza do universo!...
Senhor!
Que eu possa sentir
a natureza em prosa e verso
e sentindo transmitir
com musicalidade,
por amor,
com fervor,
a sinfonia
de nossa existência!
 
(SP: 23.02.12)

 

* * *

 

POETAS & POEMAS
Esther Ribeiro Gomes
 
‘Os poemas são pássaros que chegam
não se sabe de onde e pousam no livro que lês.
Quando fechas o livro, eles alçam voo,
como de um alçapão...’
(Mário Quintana)
 
O poeta admira a borboleta pousar na rosa,
o beija-flor beijando a flor, todo prosa
e vê que a essência dos seus versos
está à sua volta, faz parte do universo...
 
No alvorecer, enxerga além do sol nascer,
vê a beleza da claridade que invade o dia,
trazendo calor e alegria...
E o poeta se inspira nessa magia!
 
No entardecer, vê o pôr-do-sol, maravilhado,
e o poeta então sonha, encantado...
A inspiração vem do céu e a pena corre no papel,
traçando versos ditados pela emoção
que transborda do seu coração!
 
À noite o poeta é cúmplice das estrelas,
caminha pelo jardim só para vê-las
e os jasmins se curvam em sua homenagem,
espargindo doce perfume ao lhe dar passagem...
A lua, enciumada, vê aquela cena encantada
e sai detrás das nuvens, para o poeta a ver brilhar
e mais um lindo poema o inspirar!

 

* * *

 

O POETA EM ORAÇÃO...
Antonio Cícero da Silva (Águia)

 

O poeta em oração
fala com Deus,
explica e implora,
em referência aos mais
diversos assuntos...
O poeta está atento
a suplicar e a poetar...
Ele imagina, descreve
e recita,
referente a toda a
imensidão universal...

 

* * *

 

A ORAÇÃO DO POETA
faffi/Silvia Giovatto
 
Quando o poeta fala da natureza,
ele está orando, agradecendo a Deus
pela inspiração que ele manda através
de tudo que fez.
Quando Deus colocou o verde nas matas,
o perfume nas flores, a água nos rios,
sentindo que ainda faltava alguma coisa,
colocou pássaros e borboletas voando em liberdade
e peixes para habitar os rios.
No céu azul ele colocou nuvens de algodão,
e para melhorar ainda mais,
soprou de leve, um lindo arco-íris.
Depois, Deus pensou:
alguém tem de apreciar isso tudo... e fez a poesia,
para colocar no coração das pessoas com sensibilidade,
assim nasceu o poeta,
que sensibilizado com tudo que vê, vai criando versos,
agradecendo a sublime criação do criador.

 

* * *

 

QUANDO EU ME FOR
Ninita Lucena

 

Quando eu me for quero deixar para você
Doces recordações do nosso convívio...
Vou deixar para você lindas canções,
Deixar no meu memorial lindas poesias
Que possam embelezar seu dia a dia
E quando você as recitar me verá falar
Para você tudo que um dia quis lhe dizer.
Quando eu me for quero deixar para você
Um doce carinho no sabor dos beijinhos,
Dos mimos e abraços que eu lhe dei,
Envolvendo o seu ser, tudo que eu falei
Aos seus ouvidos em doces sussurros,
Eu meu jeito de ser que jamais mudo,
Longe ou perto será a minha marca por certo.
Quando eu me for quero deixar para você
O exemplo de fé, a qualidade do amor
Desprendido, meu sorriso largo, desmedido,
Quero deixar meu romantismo, presente
Em tudo que você faz, isso não tem preço,
Não se compra, se conquista, são laços
Construídos que desfazem todos os embaraços.
Por isto eu quero hoje deixar para você
O melhor de mim, o que traças não roem
E nem os tempos nunca, jamais corroem.
Deixo eu para você de forma integral
Priorizando o bem, eliminando o mal.

 

* * *

 

ORAÇÃO DO POETA
Anderson Santos Andrade Silva

 

Pai de infinito amor e bondade,
Inspire os poetas na tua vontade,
Enternecendo o mundo
Com teu Verbo profundo.

 

O poeta fala de paz,
De lutas; do que é vivaz!
Fala do Amor de Deus
E dos anelos seus.

 

Traz em sentimento
Inspiração e alento,
Contemplando na sua paisagem
Metáforas, flores, romagens.

 

Conta a magia da vida
Enaltecendo a lida.
Canta canções e emoções,
Encantando corações.

 

Descortina a natureza
Em esplendor e beleza.
Do luar ao sussurro dos rios
Exprime paz, fulgor, brilhos.

 

Clareando o invisível
Vê o belo e aprazível.
Dignificando almas
Traz a paz que acalma.

 

Por isso, te peço ó Pai,
Que não se calem jamais
Os poetas da tua imensa messe,
Que poetizam o que enobrece.

 

24.02.12

 

* * *

 

O AMOR DO POETA
Mercília Rodrigues
 
Permite-me, Senhor, ser bom discípulo
e aprender a verdadeira caridade,
não basta decorar cada versículo,
mas faltar sempre com a verdade !
Faze-me das palavras mensageiro
do amor, da fé e do perdão.
Que eu leve a esperança ao mundo inteiro
como lenitivo a um pobre coração .
Não me permita que eu seja qualquer dor,
ao irmão que esteja no caminho,
quero levar-lhe nas palavras o meu amor
de um quase poeta, carregado de carinho !
 
mercilia.rodrigues@terra.com.br
 
* * *


 

ORAÇÃO DO POETA...
Sandra Galante.

 

Senhor, agradeço o dom que me destes
De poder versejar levando o amor
Gosto de falar de paz, de fé e de flores.
Mas às vezes é preciso também falar da dor
 
Falar sobre os menos favorecidos
Que sofrem de total desamor
Que são pela maioria esquecidos
E merecem um mundo melhor.
 
Senhor, que eu seja sempre por ti intuída.
Que a inspiração saia do meu coração
Seja a tua natureza sempre enaltecida
Que eu possa sempre escrever por tua mão...
 
Sei amado Mestre, da minha responsabilidade.
Pelos olhos daqueles quem irão me ler
Posso incutir paz, amor, fé e bondade.
Como posso através das letras levar a maldade...

 

* * *

 

O POETA E SUAS LETRAS
Eri Paiva
 
Trabalhando a emoção
No seu mais profundo sentir,
O poeta, com maestria,
Busca na inspiração
E no papel faz surgir,
As letras que, se unindo
Em poética conspiração,
Fazem aflorar na poesia,
No poema, na canção,
A humana realidade
No viver do dia-a-dia.
 
O poeta com suas letras
Não só constata o que está,
Nem só interpreta o que é.
O novo ele faz brotar
Em rimas de amor e de fé,
Fazendo da sua poesia,
Do seu poema ou canção,
Para os desafios da vida
Mensagens de motivação.
 
São recados construídos
Apontando novos caminhos
Ou, dentre os já vividos
De emoções e carinhos,
As lições e experimentos,
Os seus melhores exemplos,
Que ajudem a tornar melhor
O ser que é cada um
E àqueles ao seu redor...
 
Possam suas letras, poeta,
Traduzir paz e harmonia
Entre o homem e a poesia
E uma relação mais perfeita
De amor à vida e ao planeta.
 
Em 30.03.2009

 

* * *

 

 

 

-   

 

-