-   

T

-

 

EU TENHO APRENDIDO

Marcial Salaverry

 
 

 

Eu tenho aprendido que devemos ouvir mais e falar menos...

E pensar antes de falar...
 

Que o perdão é melhor do que a vingança...

Faz um bem para a alma...
 

Que por favor e muito obrigado nada custam e muito trazem...

Usemo-los adequadamente...
 

Que a humildade é mais forte que a soberba...

É o lema de escutar para melhor aprender... humildade, é também saber ouvir... ninguém é dono da verdade...

 

Que orgulho nada nos traz de bom...

De que vale o orgulho? O fim sempre será o mesmo...
 

Que preconceitos impedem que vejamos a alma das pessoas...

E muitas vezes é muito mais linda do que o aspecto exterior...
 

Que devemos respeitar para sermos respeitados...

Seu direito termina onde começa o meu, e o meu, onde começa o seu...
 

Que tudo na vida tem um limite... inclusive a própria vida...

Quando ela acaba, tudo termina... Saibamos vive-la, com amizade, e em paz...
 

Que a paciência é uma excelente virtude...

Impede-nos de fazer besteiras...
 

Que boas amizades devem ser mantidas...

Antes mesmo de pensar em novas...
 

Que devemos viver a vida, enquanto vivos estivermos...

Depois, será tarde demais...
 

Que não devemos fazer nada que possa prejudicar outrem...

Mesmo porque muitas vezes o feitiço vira contra o feiticeiro...
 

Que a vida é um bem muito precioso... e devemos respeitar o direito à vida
alheia, como queremos que o nosso seja respeitado...

A vida, como os direitos, tem seus limites... Saibamos observá-los...
 

Enfim, que a coisa mais importante é VIVER E DEIXAR VIVER...

Que cada qual tenha o direito de usar seu livre arbítrio, mesmo que não estejamos de acordo...

Afinal, de quem é a vida?

 

Esperando que cada qual pense e analise à sua maneira, e utilize, se lhe for conveniente...

Um lindo dia, e um restante de ano pleno de felicidade... é o que lhe deseja

este escritor teimoso que ainda pensa em paz e amizade...


Inspirado no texto de mesmo nome de autoria de William Shakespeare...

 

22/12/2004

 

* * *

 

 

 
-   

Publicado no PORTAL A ERA DO ESPÍRITO com a autorização do autor

-