- Espiritismo

 - Artigos

Articulista: Fernando A. Moreira

 Títulos dos artigos

 

Fernando Augusto Moreira

é médico, expositor e articulista espírita, com vários artigos publicados em jornais, revistas e sites.

A Boa Nova; Depuração da Revelação Mosaica

A Casa do Perdão

A Fatalidade na Interpretação Espírita

A Fé, as Obras e a Bíblia

A justiça e a santidade da guerra

A Medicina aceita a possessão? (Novo)

A possessão, segundo Kardec

A Verdade e o Espírito de Verdade (Revisto e modificado pelo o artigo JESUS E O ESPÍRITO DE VERDADE em 29/11/2010)

Aborto - Crime e Conseqüências

Desencarnação; Processo de Transição
Espírito e DNA; Quem Atrai O Quê?

Fisiologia da Alma

Intuição e Inspiração; Convergências e Divergências

Kardec e a Fidelidade Doutrinária

Legislando sobre o aborto (Novo)

Nossas duas Fatalidades

O Arado está Pronto

O que é o Espírito Santo

Reencarnação e Genética

Suicídio Moral

 

 

 

 

 

 

Trecho de uma entrevista de Fernando A. Moreira extraída do site

A Jornada

http://www.ajornada.hpg.com.br/

O médico nem sempre pode curar, mas sempre pode consolar e uma das características básicas da nossa doutrina, é de ela ser eminentemente consoladora. Não há seara melhor para, sempre que possível, sem ferir crenças religiosas, semear.
 

 

 

 

A Jornada: Você vem de uma família Espírita? Como foi seu início no Espiritismo? 

Fernando A. Moreira: Meus pais eram espíritas deixando herança de vasto acervo de livros espíritas, além de, o que é mais importante, seu conteúdo moral. Desde os seis anos de idade freqüento centros espíritas, embora tenha recebido minha instrução no Colégio S. José, católico, o que me valeu o bom termo de comparação entre o Espiritismo e as doutrinas das penas eternas, para reforço da minha crença. Daí em diante foi estudar sempre e depois escrever daquilo que eu sabia, nunca esquecendo "que a sabedoria tem dúvidas, só a ignorância tem certezas."

 

A Jornada: Qual é o seu envolvimento com o movimento Espírita? 

Fernando: Sou um estudioso. Quando diante de alguma polêmica, me atrai a pesquisa intensa e profunda, um valioso néctar para incentivar meu trabalho. Faço também palestras em algumas casas, também na rádio e publico trabalhos em revistas espíritas. Procuro dentro da minha profissão, dar assistência médica às pessoas carentes, nas casas espíritas.

 

A Jornada: Qual a sua atividade profissional?

Fernando: Estou médico, tendo exercido minhas atividades do Hospital das Clínicas da Universidade do Rio de Janeiro (UERJ) e no Ministério da Saúde. Aposentado, atualmente só trabalho na minha clínica particular.

 

A Jornada: Como concilia a parte profissional com o Espiritismo? Há conflitos? 

Fernando: Há confluências. Sacerdócio nenhum aproxima tanto o homem de Deus e Deus do homem, como a Medicina. O médico nem sempre pode curar, mas sempre pode consolar e uma das características básicas da nossa doutrina, é de ela ser eminentemente consoladora. Não há seara melhor para, sempre que possível, sem ferir crenças religiosas, semear.

 

A Jornada: Espiritismo é religião? 

Fernando: É um de seus tríplice aspectos, salvaguardando o conceitos de religião estabelecidos por Kardec.

 

A Jornada: Segundo Emmanuel a maior caridade que podemos fazer para a Doutrina Espírita é a sua divulgação. O que podemos fazer para contribuir neste sentido? 

Fernando: Unificar e popularizar, só aí seremos fortes.

 

A Jornada: Que obras considera obrigatórias na biblioteca espírita? 

Fernando: As obras básicas as quais acrescentaria "Obras Póstumas" e a "Revista Espírita".

 

A Jornada: Na sua opinião, qual a maior herança que podemos deixar a nossos filhos? 

Fernando: A moral muito sabiamente extraída por Kardec do Evangelho de Jesus, o nosso modelo, a qual acrescentaríamos o nosso exemplo; a palavra inclina, este arrasta.  

 

 

 

Codificação Espírita

Revista Espírita

Página 1

Página 2

(Artigos organizados em ordem alfabética)

Mapa do Site

 

<--- Voltar

-

Página inicial